Chuva excessiva em SC deixa bombeiros em alerta

Em Florianópolis e em Balneário Camboriú, corporação ativou as salas de situação, onde monitoram as ocorrências

Equipe do 1° BBM monitorando ocorrências na sala de situação montada na Capital / Foto: CBMSC
- PUBLICIDADE -

Florianópolis

Por conta do excesso de chuva no Litoral de Santa Catarina nos últimos dias, o Corpo de Bombeiros Militar ativou, na madrugada desta quinta-feira, 11, as salas de situação do 1° e do 13° batalhões, sediados em Florianópolis e Balneário Camboriú, respectivamente. Além disso, todo o efetivo e as equipes de forças-tarefas estão de prontidão para novas demandas de atendimentos que possam surgir. A corporação trabalha de maneira integrada com a Defesa Civil do Estado e dos municípios atingidos, e em parceria com outros órgãos de segurança. O objetivo é minimizar os prejuízos e garantir a segurança da população.

- PUBLICIDADE -

Ainda na madrugada, a sala de situação do 13° batalhão foi desmobilizada. Em Balneário Camboriú, um homem teria sido sugado pela força da água e arrastado para dentro de uma tubulação de água fluvial. O corpo ainda não foi localizado. Em São João Batista, na tarde de quarta-feira, 10, uma menina de oito anos morreu depois que uma árvore caiu sobre a garagem da casa onde ela estava.

Pela manhã desta quinta, a situação mais crítica ainda era em Florianópolis, onde há um acumulado de cerca de 120mm de chuva desde quarta-feira. Com alagamento das ruas em algumas regiões, como no bairro Rio Tavares, o trânsito teve de ser desviado. Algumas famílias foram removidas de áreas de risco e de encostas para estarem protegidas em caso de deslizamentos de terra.

Turistas que não conhecem a região e quem têm voos marcados também precisam se antecipar para evitar contratempos com o trânsito.

Em Porto Belo, cerca de 200 pessoas também foram retiradas pela Defesa Civil do município, em parceria com o Corpo de Bombeiros, por estarem em áreas alagadas e de risco. Elas foram levadas para um abrigo municipal. Durante a noite, equipes fizeram resgates de moradores ilhados e registraram alagamentos no Centro, Vila Nova, Perequê e Alto Perequê. Um deslizamento de terra atingiu o único acesso entre Porto Belo e Bombinhas na madrugada desta quinta-feira. A pista foi parcialmente interditada, o que compromete o fluxo de entrada e saída do município.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Florianópolis

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.