Aeroporto de Jaguaruna conta com base militar canina

Essa é a primeira vez que um aeroporto de Santa Catarina firma esse tipo de parceria com a Polícia Militar. Atividades são focadas na inspeção de bagagens, como para verificar a presença de drogas e armas

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Jaguaruna

O Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, de Jaguaruna, recebeu a primeira base militar canina em aeroportos do estado. A parceria histórica foi firmada entre a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) e a empresa RDL Aeroportos, que administra o local. Essa iniciativa pioneira em terras catarinenses iniciou em maio e as atividades são focadas na inspeção das bagagens despachadas para os porões das aeronaves, verificando a presença de drogas ilícitas, armas de fogo ou de artefatos explosivos.

- PUBLICIDADE -

Normalmente, as missões são compostas por dois policiais militares, que são referências na área de policiamento com cães, e dois pastores-belgas Malinois. “O projeto de atuação do Canil Setorial do 5º Batalhão é inovador no estado de Santa Catarina e até mesmo em todo cenário nacional. A implementação dessa ferramenta do canil no Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, administrado pela RDL, tem como premissa dar continuidade a um conjunto de ações planejadas do 5º BPM para a área de Segurança Pública na região Sul do estado. Objetiva-se, destarte, intervir de forma integrada e preditiva nos diversos ambientes estratégicos da nossa região, contribuindo, por conseguinte, para redução dos fatores de risco social e de segurança”, ressalta o 2º tenente Dayvid, comandante do 1º Grupo de Policiamento de Cães Canil do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

A RDL também construiu uma base de apoio às guarnições, contendo sala principal, espaço apropriado para os cães, banheiro e cela para possíveis detenções. “Esta é, sem dúvida, uma das mais importantes ações na vertente da Segurança Pública, coordenada pela RDL com o apoio irrestrito da Polícia Militar de Santa Catarina. Os passageiros que embarcam pelo Regional Sul estão muito mais seguros a partir de agora, especialmente quanto à ameaça de artefatos explosivos conduzidos nas bagagens despachadas. O fato de também ser o primeiro aeroporto do Estado a implementar tal serviço reflete nosso compromisso em melhorar continuamente nossos procedimentos e rotinas operacionais, entregando uma operação aeroportuária cada vez melhor e mais completa a nossos clientes”, destaca o gerente geral da RDL, Fernando Castro.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Jaguaruna

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.