Criciúma: vereadores pedem que prefeito revogue decreto do IPTU

Ofício foi assinado após reunião no início da tarde desta segunda-feira, 22. Proposta é que o aumento de valores seja melhor discutido com a sociedade

Foto: Lucas Colombo/DN

- PUBLICIDADE -

Bruna Borges
Criciúma

Os vereadores de Criciúma decidiram, em reunião na Câmara no início da tarde desta segunda-feira, 22, enviar um ofício para o prefeito Clésio Salvaro (PSDB) pedindo que revogue imediatamente o decreto assinado em 19 de dezembro de 2017 e que trata do padrão construtivo dos imóveis na cidade. O decreto foi o que mais impactou com relação ao aumento de valores verificado pela população no IPTU. “O decreto reenquadra as construções. Pedimos a revogação por causa do impacto financeiro que trouxe aos cidadãos. Acreditamos que o aumento poderia ter sido discutido melhor junto às entidades representativas da sociedade”, explicou o presidente da Câmara, Julio Colombo (PSB).

- PUBLICIDADE -

Uma reunião já está pré-agendada na 11ª Promotoria de Justiça de Criciúma para a próxima quinta-feira, 25, às 14h, para conversa com o Ministério Público (MP) caso o prefeito decida não fazer a revogação. “Se ele fizer, a ida dos vereadores ao MP fica automaticamente cancelada”, salienta Colombo.
Para os vereadores, a mudança no padrão das construção poderá vir posteriormente através de Projeto de Lei do Executivo, mas desde que haja ampla discussão com a sociedade antes da aprovação.

Assista entrevista coletiva do presidente da Câmara, Julio Colombo:

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.