​​Secretária de Articulação reforça parceria com o Fórum Parlamentar Catarinense

No primeiro semestre deste ano, através de um trabalho em conjunto entre os integrantes do Fórum Parlamentar, o Governo do Estado e o Ministério da Saúde, articulou-se a liberação de mais de R$ 100 milhões

Foto: Divulgação/DN

- PUBLICIDADE -

Brasília

O deputado federal e coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, Jorginho Mello, foi recebido nesta terça-feira, 17, na Secretaria de Articulação Nacional de Santa Catarina pela secretária da pasta, Lourdes Coradi Martini. No encontro, fortaleceu-se a parceria dos parlamentares do Congresso Nacional e do Senado Federal com o Governo do Estado.
Jorginho assumiu o comando do Fórum Parlamentar em março deste ano, tendo como prioridades a melhoria da saúde e a continuidade das obras viárias. A união de forças dos parlamentares é uma forma dos deputados federais e senadores trabalharem coletivamente em benefício da população catarinense.

- PUBLICIDADE -

​“Reforçamos nossa parceria na atuação das agendas pertinentes ao Estado em Brasília, principalmente, quando envolvem os compromissos do governador”, destaca Lourdes. No primeiro semestre deste ano, através de um trabalho em conjunto entre os integrantes do Fórum Parlamentar, o Governo do Estado e o Ministério da Saúde articulou-se a liberação de mais de R$ 100 milhões para Santa Catarina.
Todo o recurso é referente a uma dívida da União para com a saúde do Estado, que, somente em 2017, chega aos R$ 212.909.318. A secretária de Articulação Nacional acompanhou todo o processo de liberação, sendo que o governador Eduardo Pinho Moreira chegou a tratar dos recursos com o presidente da República, Michel Temer, no Palácio do Planalto.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.