- PUBLICIDADE -

Suelen Bongiolo
Siderópolis/Nova Veneza

É em meio à natureza que ganha forma uma igrejinha que pode ser considerada a menor do mundo. Com espaço interno para receber apenas três pessoas, a obra encanta pela riqueza de detalhes e pelo zelo com que é edificada. Localizada entre Siderópolis e Nova Veneza, dentro do Aguaí Santuário Ecológico, um empreendimento privado, essa será mais uma atração turística para o sul catarinense.

- PUBLICIDADE -

A construção nasceu da parceria entre o proprietário do empreendimento, Albertino Ferreira, o Beto, e o historiador Nicola Gava, responsável pelo projeto. “Já existia uma imagem de São Francisco de Assis aqui no Aguaí, no meio da mata, e me cobravam para fazer uma grutinha para ele. Então conversando com o Nicola, que já tinha o projeto de fazer essa igreja, achei interessante e resolvemos fazer essa parceria”, explica Ferreira.

 

A obra iniciou há alguns meses e já se encaminha para a reta final, com inauguração prevista para novembro. O projeto, considerado uma verdadeira obra de arte, possui estilo medieval e traços alpinos. “Eu vivi boa parte da minha vida lá fora e sempre fui fascinado pelo medieval. Eu já fiz várias obras. É um trabalho voluntário, que expressa também o conhecimento. E são esses elementos que começam a transformar a cidade, despertando muito para o quesito turismo e arte”, ressalta o projetista.

 

Confira mais detalhes na edição desta quarta-feira, 17, do jornal Diário de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Suelen Bongiolo
Em: Siderópolis/Nova Veneza

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.