Nova Veneza: Morre a irmã Bernadete Zanellato

A missa de corpo presente será celebrada às 15h30min, na igreja matriz São Marcos

- PUBLICIDADE -
Nova Veneza
A religiosa Irmã Bernadete Zanellato morreu aos 90 anos, em Nova Veneza. Ela foi vítima de um ataque cardíaco. A Irmã tinha 72 anos de vida consagrada. O corpo está sendo velado na Casa São José, aos fundos do Hospital São Marcos, em Nova Veneza. A missa de corpo presente será celebrada às 15h30min, na igreja matriz São Marcos.
A Diocese de Criciúma e a Congregação das Irmãs Beneditinas da Divina Providência emitiram um comunicado oficial lamentando a morte da Irmã.
Leia na íntegra:
A Diocese de Criciúma e a Congregação das Irmãs Beneditinas da Divina Providência comunicam, com pesar, o falecimento da Irmã Bernadete Zanellato, aos 90 anos de idade. A religiosa faleceu nesta sexta-feira, 10, às 18 horas, vítima de ataque cardíaco. Irmã Bernadete tinha 72 anos de vida consagrada. Seu corpo está sendo velado na Casa São José, aos fundos do Hospital São Marcos, em Nova Veneza. A missa de corpo presente será celebrada às 15h30min deste sábado, 11, na igreja matriz São Marcos.
Com nome de batismo de Adélia, Irmã Bernadete era filha de Henriqueta Scussel e Antônio Zanellato, e nasceu em 07 de fevereiro de 1928, em Vila Maria, Nova Veneza. Ingressou na Congregação em 30 de junho de 1941, com apenas 13 de idade. Fez sua Primeira Profissão Religiosa em 1946 e, em 1953, os Votos Perpétuos. “Irmã Bernadete, de caráter alegre, extrovertida, sempre muito ativa, soube viver intensamente estes seus 72 anos de Vida Religiosa. Nos lugares mais diferentes por onde passou, sempre colocou a serviço o seu dom para a animação pastoral nas paróquias e comunidades, principalmente coordenando a catequese e a liturgia”, ressalta a nota da Congregação.
A Diocese de Criciúma solidariza com a família Beneditina e todos os familiares de Irmã Bernadete, agradecendo a Deus pelo dom de sua vida a serviço do reino e dedica suas orações e preces pela alma desta irmã.  “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que tenha morrido, viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais” (Jo 11, 25-26).  
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.