Descarte irregular de remédios é registrado em Orleans

Prefeitura alerta população sobre os riscos desse tipo de prática. Recentemente, frascos e cartelas de comprimidos foram encontrados no lixo do banheiro público da Praça Celso Ramos

Foto: Divulgação/Prefeitura de Orleans

- PUBLICIDADE -

Orleans

Uma ameaça silenciosa está escondida em um ato bastante comum: jogar remédios fora. Seja atirando-os no lixo comum ou despejando-os no vaso sanitário, a verdade é que descartar medicamentos de forma irregular provoca a contaminação do solo e das águas, aumentando o risco para a saúde dos animais e das pessoas.

- PUBLICIDADE -

Em Orleans, o problema vem crescendo. Frascos, cartelas de comprimidos e outros medicamentos foram encontrados no lixo do banheiro público localizado na Praça Celso Ramos. De acordo com a zeladora e monitora do local, Maria de Fátima Costa, esta é a terceira vez que remédios são encontrados nas lixeiras dos banheiros.

Os medicamentos encontrados são para sintomas de pressão arterial, asma e coração, e possuem prazo de validade até 2019. “Pedimos o compromisso da população no cuidado com os remédios, pois muitos deles custam caro e poderiam ser utilizados por outras pessoas que realmente necessitam. Os remédios devem ser descartados em locais apropriados e não em lixeiras e vasos sanitários”, enfatiza a zeladora.

A Secretaria de Saúde informa que existe no município a “Farmácia Solidária”, localizada ao lado da Fundação Hospitalar Santa Otília (apenas referência), onde as pessoas podem fazer a entrega de medicamentos dentro ou fora do prazo de validade. No local, esses medicamentos são encaminhados para outros destinatários, sem comprometer a saúde ambiental e humana.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Orleans

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.