Criciúma: Curso do Senai faz restauração em cadeiras de rodas da Apae

Parceria foi iniciada no segundo semestre de 2018 e já tem planos de continuação

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Unir solidariedade e conhecimento pode ser algo que traz benefícios a muitas pessoas. Um exemplo disso é a atividade do curso de Eletromecânica do Senai que está fazendo a restauração de quatro cadeiras de rodas da Apae de Criciúma.

- PUBLICIDADE -

Situação de Aprendizagem é o nome da ferramenta que ajuda os alunos a desenvolverem conhecimentos. “Todo início de semestre a coordenação pedagógica, do curso e professores se reúnem para decidir a atividade em que os alunos colocarão os conhecimentos em prática. Em comum acordo, decidimos que esse semestre seria o conserto das cadeiras de rodas da Apae”, explica o professor e coordenador do curso de Eletromecânica do Senai, Jeremias Santana Tavares.

Segundo o professor, tudo que os alunos vão desenvolver está no contexto da unidade curricular. No início do semestre eles começaram os reparos e, em dezembro, farão a entrega e apresentarão todos os processos do desenvolvimento. “Os alunos compraram a ideia e ficaram muito empolgados. Esse é só o começo da parceria que pode ajudar muito”, conta Jeremias.

A ideia é continuar restaurando o máximo de cadeiras que o curso conseguir e até desenvolver novos projetos que envolvam as matérias da unidade curricular dos alunos.

Mas, além da parte mecânica das cadeiras, a intenção é renovar também o estofado. Um primeiro teste está sendo feito e, se der certo, a atividade vai ser implementada ao curso. De acordo com a professora do curso de Aprendizagem Industrial – Costureiro de Vestuário, Elizânia Gomes Vitório, o trabalho agregaria não só no profissional, mas também no pessoal dos alunos. “Eles desenvolveriam a habilidade de costura e estariam fazendo o bem. Se a parceria der certo, vai ser muito bom”, completa.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.