- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Com a “ficha limpa”, após cumprir suspensão automática diante do Paysandu, em virtude da punição sofrida pela expulsão contra o Atlético-GO, o centroavante Zé Carlos está à disposição do técnico Mazola Júnior para o confronto de sábado, às 21 horas, diante do Boa Esporte, em Varginha.

O terceiro maior artilheiro da história do Criciúma pensa grande: ele quer ser o maior marcador de todos os tempos no clube. Atualmente, o Zé do Gol tem 65 gols com o manto carvoeiro. Faltam 19 para igualar Vanderlei Mior – o líder da tabela com 84 bolas na rede dos adversários. O camisa 9 acredita que é possível chegar no número. Se não em 2018, mas com uma permanência em 2019. “Essa é uma marca importante no clube. Quem sabe no ano que vem, continuando aqui, a gente pode passar a marca, mas estou muito focado nesses últimos dez jogos e espero ajudar o time”, comentou.

O jogador não esquece de agradecer aos companheiros de todas as passagens pelo clube pelos gols marcados. “Eu fico muito contente com o número, mas só tenho que agradecer aos meus companheiros que, desde quando cheguei aqui, em 2011, me ajudaram. Desde aqueles que foram embora até aqueles que estão aqui: principalmente 2012 e agora. Eu agradeço muito a todos e espero continuar”, ressaltou.

A busca pelos nove pontos que faltam

O objetivo do Criciúma é chegar aos 45 pontos na Série B e espantar de vez a possibilidade de rebaixamento. Zé Carlos admite que o time está pagando pelos erros do primeiro turno e a busca pelos nove pontos que faltam para fugir da Terceirona. “Nosso primeiro objetivo, com toda a sinceridade, é chegar aos 45 pontos, depois de tudo o que passamos no campeonato. Hoje pagamos pelos nossos erros do primeiro turno, mas passou. Agora temos que pensar nos 45 pontos. Estamos conscientes do objetivo e quando chegar na pontuação, se tiver oportunidade de chegar mais em cima, queremos chegar”, explicou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.