Tigre recebe o Brusque visando apenas a vitória


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O Tricolor Carvoeiro tem mais cinco oportunidades para ficar longe da zona de rebaixamento do Campeonato Catarinense. Hoje, às 19h15min, diante do Brusque, o time faz outro jogo de “seis pontos” e a vitória é fundamental para que os comandados de Argel Fucks se afastem das duas últimas posições na competição estadual.  Será a primeira das três últimas partidas em casa que a equipe ainda terá. O treinador calcula quantos pontos serão necessários para que o time fique na Primeira Divisão em 2019. “Nós temos cinco jogos ainda e se ganhar os três em casa são nove pontos, com os 13 que a gente tem são 22. É a média que falamos de 21 ou 22 para buscar a permanência na competição”, disse.

Simplificando a conta, o comandante carvoeiro quer vencer os três jogos restantes no Majestoso. Batendo o Brusque, hoje, a equipe passa o adversário na tabela. “Nós precisamos de três vitórias. Essa é a conta. Jogamos três partidas em casa e um confronto direto amanhã (hoje). É um adversário direto da gente e nós conseguindo a vitória e fazendo prevalecer o fator casa, que é importante na competição, a gente troca de lugar com o Brusque. Empatamos em número de pontos e vitórias, mas com o saldo melhor. É um jogo de seis pontos, amanhã (hoje), importantíssimo para a gente”, pontuou.

Sem Maílson, a dúvida permanece no ataque

O último treino antes da partida aconteceu na manhã desta quinta-feira, no estádio Heriberto Hülse. Sob forte chuva, Argel comandou um trabalho em espaço reduzido, onde praticamente definiu a equipe que começa o jogo. Sem Mailson, vetado para a partida devido a um estiramento muscular de grau 1 no posterior da coxa esquerda, Andrew foi o titular. Porém, em um segundo momento do trabalho, o treinador optou por Luiz Fernando no ataque. Mailson está fora, inclusive, do jogo contra o Avaí, na quarta-feira da próxima semana.

Liberado pelo Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, o lateral esquerdo Marlon treinou o tempo todo entre os titulares e começará a partida. Em um determinado momento do trabalho desta quinta-feira, Argel Fucks colocou Carlos Eduardo na lateral direita, no lugar de Sueliton. Depois, o titular retornou à posição.

 

O treino em campo reduzido voltou a priorizar os cruzamentos e finalizações, como o time trabalhou exaustivamente na quarta-feira. Argel espera que a equipe evolua nestes quesitos. “Nós precisamos criar as mesmas oportunidades do último jogo, ter o volume de jogo que a gente teve e, principalmente, conseguir ‘matar’ o jogo na hora que aparecer a oportunidade. Pelo menos, termos um aproveitamento melhor: 50% das chances. A gente teve, no jogo passado, muitas chances, mas apenas um acerto. Temos que aumentar: pelo menos metade das chances que a gente criar, temos que converter em gols. Basicamente é isso: um jogo importantíssimo para a gente e esperamos que a equipe possa buscar a vitória”, comentou.

Campeonato Catarinense – Segundo Turno – 5ª Rodada

Sexta-feira, 16/03 – 19h15min – estádio Heriberto Hülse

CRICIÚMA

Luiz; Sueliton, Sandro, Nino e Marlon; Barreto, Douglas Dodi e Élvis; João Paulo, Zé Carlos e Andrew (Luiz Fernando). Técnico: Argel Fucks

BRUSQUE

Dida; Edilson, Douglas Silva, Cleyton e Neguete; Valkenedy, Jean Dias, Adãozinho e Anderson Safira; Rafinha e Hélio Paraíba. Técnico: Pingo

Arbitragem: Heber Roberto Lopes. Auxiliares: Alex dos Santos e Henrique Neu Ribeiro

Atletas Relacionados

Goleiros: Luiz e Vinícius

Laterais: Sueliton, Marlon, Eltinho e Enzo

Zagueiros: Sandro, Nino e Ianson

Volantes: Barreto, Douglas Dodi, Jean Mangabeira e Carlos Eduardo

Meias: Élvis, Alex Maranhão e Luiz Fernando

Atacantes: João Paulo, Zé Carlos, Andrew, Lucas Coelho e Siloé

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.