- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Vivendo um momento ruim no Campeonato Catarinense, o Criciúma volta novamente as atenções para a Copa do Brasil. Hoje, a partir das 20h30min, a equipe enfrenta o Cianorte, no estádio Heriberto Hülse, buscando a vitória e a vaga para a terceira fase da competição nacional. O jogo único não terá vantagem de empate. Quem vencer, segue em frente. Caso a partida acabe em igualdade, a decisão será nas cobranças de pênalti. “Eu gostaria e torço para que a gente não precise. Espero que a gente vença o jogo, com todo respeito ao Cianorte. Vamos trabalhar, sim, cobranças de pênaltis e eu acredito que bater pênalti é momento e personalidade. Bater na bola todos os jogadores sabem. No momento, tem que ter a personalidade de chegar e definir. Precisa ter confiança. O lado emocional pesa muito, mas vamos treinar sim e definir os batedores”, explicou o técnico Grizzo.

Mesmo na zona de rebaixamento do certame estadual, o treinador acredita que o time não entrará pressionado diante dos paranaenses. O mau momento virará motivação, de acordo com o comandante. “O Criciúma está em um momento delicado, mas está saindo. Nós queríamos estar melhores colocados no campeonato estadual, os resultados não vieram no primeiro turno, mas não estamos pressionados. A gente está motivado. O Criciúma tem tradição na Copa do Brasil e o Cianorte vai respeitar, mas dentro de campo é outra história. Nós temos que impor a tradição e a história do Criciúma e isso tem que dar autoconfiança aos jogadores”, contou.

Meio-campo será definido nos vestiários

Ontem, o time trabalhou em um dos gramados do CT do clube. Com diversos jogadores lesionados, Grizzo tem dificuldade em armar a equipe. Certo mesmo é que Andrew e Lucas Coelho estão fora do jogo. Christian deve ser o lateral direito e Carlos Eduardo ficará no banco de reservas. Eltinho começa pelo lado esquerdo. Maílson, recuperado de dores musculares, treinou normalmente. João Paulo também será titular.

As maiores dúvidas estão no meio de campo. Barreto e Élvis não treinaram mais por precaução e devem começar o jogo. Quem mais preocupa é o volante Douglas Dodi. “O Mailson eu acredito que jogue. O Dodi tem um problema no pé e já jogou uns 30 minutos contra o Hercílio assim. Isso não limita muito o movimento dele. Ele não estará totalmente recuperado, mas acredito que vai para o jogo”, explicou o treinador. Caso Dodi não atue, Jean Mangabeira deve ser o substituto. Wallacer pode ser recuado para a função de Douglas com a entrada de Luiz Fernando no meio. Todas as definições saem uma hora antes da partida.

Copa do Brasil – segunda fase – jogo único

21/02 (quarta-feira) – 20h30min – estádio Heriberto Hülse

CRICIÚMA

Luiz; Christian, Sandro, Nino e Eltinho; Barreto, Douglas Dodi (Jean Mangabeira), Wallacer e Élvis; Maílson e João Paulo. Técnico: Grizzo

CIANORTE

Sílvio (João Gabriel); Arroyo, Montoya, Feliphe Gabriel e Gerônimo; Sidnei, Rafael Carrilho e Richarlyson (Rafael Xavier); André Luis, Maikinho e Neto Costa (Robert Fischer). Técnico: Marcelo Caranhato

Arbitragem: Diego Pombo Lopez; Auxiliares: Marcos Welb Rocha de Amorim e Edevan de Oliveira Pereira. (trio da BA)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.