Próspera: Catarinense Série B 2019 tem nova fórmula

Equipes jogarão em Turno e Returno, com os dois melhores se classificando para as Finais

- PUBLICIDADE -

Balneário Camboriú

O Catarinense Série B 2019 tem nova forma de disputa. Em decisão unânime, os presidentes e representantes dos clubes participantes, incluindo Dorval Arriola Rodrigues, do Próspera, aceitaram a proposta da Diretoria de Competições Especiais da Federação Catarinense de Futebol (FCF), optando por uma competição em duas fases: Inicial e Finais. A 1ª Fase – Inicial será no sistema de pontos corridos em 18 rodadas. A 2ª Fase – Finais será disputada em confronto eliminatório, jogos de ida e volta, pelas duas melhores equipes da 1ª Fase, com a equipe 1ª colocada sendo mandante da partida de volta.

- PUBLICIDADE -

O campeonato começará no dia 2 de junho e encerrará no dia 25 de agosto. Conforme solicitações dos clubes, a rodada de abertura poderá ter partidas marcadas para sábado, 1º de junho. A reunião do conselho técnico, que definiu a forma de disputa e o regulamento, foi realizada na tarde desta terça feira, 20, na sede da FCF, em Balneário Camboriú.

O presidente da FCF, Rubens Angelotti, abriu os trabalhos do conselho técnico saudando os presentes, parabenizando novamente o CA Metropolitano, atual campeão da competição e o EC Próspera, campeão do Catarinense Série C que ascende à competição em 2019 e objetivamente acionando o diretor de competições especiais, Carlos Crispim, para expor as três formas de disputa propostas pela FCF.

Compuseram a mesa dos trabalhos da reunião do conselho técnico, o presidente da FCF Rubens Renato Angelotti, o procurador jurídico, Rodrigo  Capella, o diretor de competições especiais, Carlos Fernando Crispim e o diretor de Ligas Não Profissionais José Carlos Goulart Júnior. Além dos clubes membros do conselho técnico, também participou da reunião o presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de Santa Catarina – SAPFESC, Marcelo Alexandre da Silva Cruz.

Bolas
O presidente da FCF, Rubens Angelotti, comunicou os membros do conselho técnico do Catarinense Série B que a Entidade irá subsidiar todo o fornecimento de bolas para competição. Serão 316 bolas, cada clube receberá 31 bolas e seis bolas especiais serão destinadas para 2ª Fase – Finais.

Inscrições
Cada clubes poderá inscrever até 35 atletas para disputa do Catarinense Série B 2019, sendo no máximo 30 profissionais e cinco das categorias de base. O prazo final para inscrições é o dia 12 de junho, um dia útil antes da realização da 11ª rodada.

Laudos técnicos dos estádios
O diretor de competições especiais, Carlos Crispim, expôs aos membros do conselho técnico as questões relacionadas aos laudos técnicos. Os clubes terão até o mês de dezembro de 2018 para encaminhar os laudos técnicos de Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros e Engenharia, para que a Polícia Militar agende as vitorias a partir do mês de abril de 2019.

Crispim reiterou ainda aos membros do conselho a importância do cumprimento do Manual de Infraestrutura de Estádios instituído pela FCF em 2018 e que prevê o aperfeiçoamento gradativo da infraestrutura dos estádios em Santa Catarina.

Categorias de base
O conselho técnico do Catarinense Série B 2019 decidiu pela manutenção da categoria Juvenil, para atletas até 17 anos, como a categoria vinculada à participação profissional das equipes na competição. A forma de disputa do Catarinense Juvenil Série B será definida em 2019.

Arbitragem
O último tema abordado na reunião do conselho técnico do Catarinense Série B foi arbitragem. O presidente da FCF convidou o membro da Comissão de Arbitragem, Cantucho João Setubal, para deliberar sobre o trabalho de renovação que segue sendo desenvolvido pelo Departamento de Arbitragem da FCF.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.