- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Com a segunda pior defesa da competição (10 gols sofridos – perdendo apenas para o Goiás, com 11), o técnico Mazola Júnior – que estreia no comando do Tigre, diante do Juventude, nesta terça-feira – armará uma equipe com maior cuidado defensivo. Após um primeiro treino, no domingo, onde sinalizou o mesmo time que vinha sendo escalado por Argel Fucks, ele resolveu modificar a equipe e colocar três homens de marcação no meio campo. Deixa o time o atacante Maílson e entra o volante Jean Mangabeira, dando mais consistência na zaga. Assim, o sistema utilizado será o tradicional 4-4-2.

No meio de campo, Élvis, suspenso devido à expulsão contra o Guarani, dá lugar a Alex Maranhão. Na frente, João Paulo, com maior liberdade para se movimentar, e Zé Carlos. “Ali na frente, eu gosto de jogar em qualquer lugar: centroavante ou pelo lado. Para mim, estar dentro de campo é o que importa. Eu quero ajudar o Criciúma a sair dessa e acho que a gente vai conseguir. Estamos ‘nos fechando’ mais. A perda do Argel foi grande, mas não da para ficar falando muito. A chegada do Mazola também ajudou bastante e vai dar uma mudada na equipe, vai preencher mais o meio de campo para nós ficarmos mais com a bola e sairmos bem no contra-ataque”, explicou João Paulo.

Lesionados, o zagueiro Sandro, os atacantes Lucas Coelho e Kalil e o terceiro goleiro, Ronaldo Zílio, não estão à disposição de Mazola. Nino será titular na defesa. Vinícius, que estava na Seleção Brasileira Sub-20, retornou e será um dos goleiros reservas, junto com Diego.

As diferenças e semelhanças entre os trabalhos de Mazola Junior e Argel Fucks já são sentidas pelos jogadores. “Cada técnico tem seu jeito. O Argel era mais cobrador, mais rude. O Mazola é mais tranquilão, chama mais para conversar no canto e explica detalhadamente. O Argel era mais sério. Eu acho que são diferentes, sim, mas vieram com o mesmo objetivo de levantar o Criciúma e tirar a gente dessa fase”, comentou o jogador.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.