- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Ele está de volta. Recuperado das diversas lesões que teve, em função de uma queda, durante um treino de ciclismo, o triatleta criciumense Santiago Mendonça busca, neste final de semana, uma vaga no Meio Ironman Mundial, que será disputado em Nice, na França, em 2019. A prova, como o nome sugere, tem a metade da distância de um Ironman, ou seja: 1,9km de natação, 90km de ciclismo e 21km de corrida. “Analisando resultados, adversários e todo o contexto, eu tenho que fazer uma prova no meu normal. Se eu estiver em um dia muito legal, posso chegar entre os oito ou entre os cinco primeiros, se não for um dia bom, devo ficar em 10º e 15º. Então, o objetivo  maior é a vaga porque eu sei que não estou no meu melhor”, ressaltou Santiago.

O Sul Americano de Meio Ironman acontece neste domingo, em Buenos Aires e deve durar 4 horas. Santiago viaja na sexta-feira. “Já estive duas vezes em Kona, no Havaí, mas Meio Iron Man ainda não”, comenta o triatleta, se referindo à cidade havaiana que sedia o Ironman “integral”.  São 75 vagas em disputa para 2.500 atletas participantes. Quase 500 deles estão na categoria de 35 a 39 anos, aquela que Santiago faz parte. Assim, de 10 a 12 vagas devem ser destinadas para Santiago e os adversários dele. “Tenho que ficar entre os 10 da minha categoria para classificar”, afirma o criciumense.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.