Startups esperam verbas para desenvolver projetos

Pelo menos oito empresas da região foram selecionadas pelo Sinapse da Inovação. Atrasos chegam a R$ 1 milhão

Foto: Lucas Colombo/DN

- PUBLICIDADE -

Matheus Reis

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Publicidade

O programa Sinapse de Inovação completou 10 anos em maio de 2018. Neste tempo, ele foi responsável pela criação de mais de 1,5 mil empregos diretos e de aproximadamente 150 patentes de startups inovadoras. A edição mais recente iniciou em outubro de 2017 e em fevereiro deste ano escolheu cerca de 100 ideias de todo o estado que estimulam inovação e tecnologia. Destas, nove são da região Sul de Santa Catarina, sendo seis de Criciúma. Embora os resultados tenham sido comemorados, o que era para ser uma alavanca em um empreendimento, se tornou atraso e incerteza. Desde abril, quando as verbas eram para ser repassadas pelo Estado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), as startups não recebem mais esclarecimentos.

Empresas investem sem retorno

Uma delas é a e-licencie, uma plataforma para gestão de processos de licenciamento ambiental. A startup deveria receber aproximadamente R$ 100 mil parcelada em duas vezes. Cerca de R$ 60 mil em recursos e R$ 40 mil para a contratação de um técnico especialista. Contudo, até agora, nenhum repasse foi feito. De acordo com Luiz Silva, que é um dos responsáveis pela e-licencie, desde a abertura da empresa os gastos surgiram, ou seja, eles estão investindo sem receber o suporte prometido. “Nós precisamos fazer CNPJ, contratar profissionais para nos auxiliar com isto, ter alvará, além de comprar equipamentos e contratar servidores. Só nisto já gastamos bastante”, calcula Silva. Segundo os responsáveis, o proponente da ideia também era obrigado, por meio do edital, a não ter nenhum vínculo empregatício. “Nós fizemos planos pra sair de nossos trabalhos até junho. Agora continuamos nesse impasse sem saber o que fazer”, acrescenta.

Leia a matéria completa na página 19 do Jornal Diário de Notícias desta quarta-feira, 18

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.