Metalúrgicos fecham com 2,5% de aumento geral

Acordo é válido para os trabalhadores ligados ao Sindimetal e Simec – Caravaggio

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Criciúma/Nova Veneza

Os trabalhadores metalúrgicos ligados ao Sindimetal e Simec – Caravaggio aprovaram 2,5% de aumento geral e mais 2,5% no abono nas assembleias realizadas no distrito de Caravaggio, em Nova Veneza, e Criciúma. Com a mudança da data-base de janeiro para maio a partir de 2019, eles vão receber em maio mais 0,69% acumulado da inflação, somando então o total de 3,21% de reajuste. As diferenças serão recebidas na folha de junho, a ser paga em julho. As demais cláusulas foram mantidas.

- PUBLICIDADE -

“Foi uma negociação demorada e complicada, porque os patrões queriam retirar todas as conquistas devido a nova lei trabalhista. Desta forma, mesmo sem ser o que merecemos, garantimos aumento um pouco acima da inflação e a manutenção dos nossos direitos”, pontua o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Criciúma e Região, Francisco Pedro dos Santos.

Na campanha salarial deste ano, os metalúrgicos reivindicavam 3% geral (INPC é 2,07%), mais a renovação de todas as cerca de 70 cláusulas sociais.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma/Nova Veneza

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.