Içara: Produtores almejam colher mais de 5 mil toneladas de fumo

Expectativa é que colheita se mantenha semelhante ao último ano. Por causa do preço de venda, muitos estão desistindo da cultura

Foto: Arquivo/ TN
- PUBLICIDADE -

Angelica Brunatto
Içara

Ainda tímida, a colheita do fumo iniciou na Região Carbonífera. Os produtores que resolveram plantar um pouco mais cedo já conseguem fazer o trabalho de colheita na lavoura. Valério Darolt, de Içara, por exemplo, começou a colher no início de agosto e já colocou duas levas para secar.

- PUBLICIDADE -

Neste ano, ele plantou 50 mil pés de fumo em uma área com cerca de 4 hectares. A expectativa é colher cerca de 5 mil quilos da planta, mais ou menos o que colheu na última safra. “Mas, este é o último ano que continuamos. Os insumos estão muito caros e o preço está baixo. No último ano vendemos uma arroba por R$ 85, quando era para ser vendido por R$ 140”, aponta.

Previsão da colheita

Assim como Darolt, muitos agricultores estão desistindo da cultura. Por isso, de acordo com o presidente do sindicato dos Trabalhadores Rurais de Içara, Hercílio Jair de Stefani, o número de produtores diminuiu neste ano. Entretanto, a colheita deve permanecer a mesma realizada em 2017, quando foram colhidas 50 mil toneladas na região.  “Hoje contamos com cerca de 700 produtores. Alguns desistiram da cultura, outros aumentaram um pouco a área plantada”, aponta.

 

Confira a reportagem completa na edição desta segunda-feira, 27, do jornal Diário de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Angelica Brunatto
Em: Içara

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.