Polícia Militar concilia atendimentos no verão

A ação é importante para que todos os locais fiquem amparados pela segurança pública

Foto: Melhores Publicações
- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A Operação Veraneio – que acontece em todo o litoral sul catarinense – compromete no efetivo da Polícia Militar nas cidades. Com a diminuição dos agentes, a conciliação é importante para que todos os locais fiquem amparados pela segurança pública. “A conciliação se torna um processo trabalhoso e dinâmico. Nesse ano estamos empregando policiais do nono batalhão, que atendem Criciúma, Siderópolis, entre outros municípios, em diversas cidades como: Laguna e no norte da ilha de Florianópolis. São 52 policiais que nos fazem muita falta, mas os que estão trabalhando se empenham na prevenção de crimes”, disse o Tenente-Coronel Evandro Fraga, comandante do nono Batalhão da Polícia Militar (BPM).

Entretanto, Fraga admite o aumento de crimes neste inicio de ano nas cidades. “Agora, tivemos sim o aumento de crime contra patrimônio, como furto”, disse. O comandante destaca que os agentes presentes na cidade trabalham no desencorajamento, mas muitos criminosos estão soltos devido à legislação brasileira.“O papel de desencorajar feito pelas policias não é suficiente pois a legislação impede muitas ações. Muitas pessoas estão na rua devido à lei”, destacou.

Recomendação aos moradores

Fraga recomenda aos moradores que forem passar um grande período longe das residências para fazer contato com conhecidos e assim ter a manutenção das residências. “É importante fazer contato com familiares e vizinhos para fazer uma vistoria quando houver um grande afastamento. Cuidem do terreno, cortando a grama e podando arbustos para que o marginal não perceba que há ausência de pessoas. Mantenham a organização”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.