Deputado Mota pede retirada de redutores

Riscos ocasionados aos motoristas motivaram o deputado a protocolar o pedido na Alesc, para que esses equipamentos de sinalização sejam retirados das rodovias catarinenses

Foto: Divulgação/Alesc

- PUBLICIDADE -

Florianópolis

Os riscos que estruturas como redutores de velocidade e lombadas eletrônicas desativadas ocasionam aos motoristas motivaram o deputado estadual Manoel Mota a protocolar um pedido ao Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) para que ocorra a retirada desses equipamentos das rodovias catarinenses.

- PUBLICIDADE -

O pronunciamento foi feito na tarde desta quarta-feira, 1º, durante a sessão ordinária na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). “Os redutores de velocidade nas SCs ajudaram muito, mas, de repente, passaram a ser desativados e agora estão matando pessoas, como uma advogada de Criciúma, que vinha da praia e bateu no redutor. Bateu e morreu. Como ela, vários já morreram. Queria fazer um apelo ao Deinfra, tira da pista que está matando pessoas. Na nossa região é a quinta morte. Enquanto os redutores não saírem da pista, virei toda semana na Tribuna”, prometeu Mota.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Florianópolis

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.