Simulado de incêndio é realizado no Hospital Unimed

O hospital possui 500 colaboradores e 57 leitos de internação

Foto: Divulgação/DN
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Os colaboradores do Hospital Unimed Criciúma participaram de mais uma simulação de incêndio e evacuação de área. O treinamento, realizado no final da tarde desta quarta-feira, incluiu situações como um princípio de incêndio, atendimento e remoção de pessoas feridas, evacuação rápida e combate a foto.

- PUBLICIDADE -

Essa simulação faz parte das ações de segurança para avaliar e treinar todos os colaboradores para possíveis sinistros. Antes do início da operação pacientes e acompanhantes foram comunicados sobre a simulação e às 17h30min um primeiro alarme foi tocado, acionando as equipes de brigadistas de incêndio do hospital. Em seguida, ao ouvir o alarme de fogo, cerca de 100 colaboradores iniciaram a evacuação do prédio, enquanto uma equipe de socorristas realizava o atendimento aos feridos que participavam da simulação. Em menos de dez minutos as equipes realizaram o combate ao incêndio na ala de internação e a remoção dos feridos pela saída de emergência. A coordenadora do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), Elaine de Oliveira Gaspar, explica que o treinamento busca avaliar a aptidão e necessidade de melhorias para essas eventualidades. A simulação acontece uma vez ao ano. Também é realizado esse treinamento apenas com os brigadistas. “Ao todo são 120 brigadistas que suprem todos os turnos e têm a qualificação para essas situações de emergência”, explica Elaine. Além destas equipes, os demais colaboradores também passam por treinamentos de segurança desde a admissão e anualmente recebem noções de combate a incêndio e primeiros socorros.

O Hospital Unimed Criciúma possui 500 colaboradores e 57 leitos de internação. Mensalmente são realizadas mais de 600 cirurgias e cerca de 8 mil consultas no pronto atendimento.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.