Inicia a venda dos cartões de Natal do Bairro

São quatro opções de desenho disponíveis, confeccionados pelos próprios alunos. Quantia arrecadada com a venda do produto será destinada ao próprio Bairro da Juventude

Foto: Lucas Colombo/DN

- PUBLICIDADE -

Suelen Bongiolo
Criciúma

Faltando exatamente dois meses para uma das datas mais simbólicas do ano, o Bairro da Juventude lançou a tradicional campanha dos Cartões de Natal. Mantida há 23 anos, a iniciativa conta com quatro opções de desenho, confeccionados pelos alunos da própria instituição, e que podem ser adquiridos por empresas e moradores de toda a região.

- PUBLICIDADE -

O valor arrecadado com a comercialização dos cartões será revertido para a própria entidade. A expectativa, neste ano, é comercializar 20 mil unidades. Os cartões estão disponíveis para encomenda e os pedidos podem ser feitos pelo telefone (48) 3403-2743 ou pelo e-mail campanhas@bairrodajuventude.org.br. As vendas seguem até 15 de dezembro. As unidades avulsas podem ser adquiridas diretamente na instituição. O cartão é entregue em um envelope e é possível acrescentar a logotipo da empresa ou da entidade que adquirir o produto.

Valores dos cartões produzidos em papel reciclado:
Cartão avulso sem logotipo e com envelope – R$ 1,70 a unidade

Com logotipo em uma cor e envelope sem impressão:
De 100 a 300 unidades – R$ 1,90 a unidade
Acima de 300 unidades – R$ 1,80 a unidade

Com logotipo em duas cores e envelope sem impressão:
De 100 a 300 unidades – R$ 2 a unidade
Acima de 300 unidades – R$ 1,90 a unidade

Com logotipo em três cores e envelope sem impressão:
De 100 a 300 unidades – R$ 2,10 a unidade
Acima de 300 unidades – R$ 2 a unidade

Com logotipo em quatro cores e envelope sem impressão:
De 100 a 300 unidades – R$ 2,20 a unidade
Acima de 300 unidades – R$ 2,10 a unidade

Confira mais detalhes na edição desta quarta-feira, 26, do jornal Diário de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Suelen Bongiolo
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.