- PUBLICIDADE -

Estados Unidos

A onda de frio que levou a nevascas e temperaturas recordes na América do Norte deve se estender até os primeiros dias de 2018, com a passagem de uma segunda massa de ar polar pelo Canadá e os Estados Unidos.

- PUBLICIDADE -

Na tradicional virada de Ano Novo em Nova York, são esperados 12 graus negativos, e a prefeitura já emitiu vários alertas a turistas e moradores para que usem roupas apropriadas ao saírem nas ruas.

Nos últimos dias, a maior parte do meio-oeste e do noroeste dos Estados Unidos viu a máxima nos termômetros não passar dos dez graus negativos. Em Nova York, espera-se que a temperatura supere a marca de zero grau apenas em 8 de janeiro. Nas Grandes Planícies e na parte mais ao norte do meio-oeste, os termômetros devem marcar 20 graus negativos durante a noite.

Mesmo os canadenses, acostumados a lidar com temperaturas extremamente baixas, estão tendo que adaptar seus planos de fim de ano: autoridades emitiram alertas de condições extremas, incluindo para Ottawa, onde a festa de Ano Novo foi reduzida e um torneio de hóquei foi levado para local fechado.

Em Ottawa, meteorologistas disseram em um alerta que ventos podem fazer as temperaturas chegarem perto de -35 graus durante a noite. Em algumas regiões, como no norte de Ontário, a temperatura chegou a 50 graus negativos no Natal.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.