Casos de embriaguez e uso de drogas por menores devem ser comunicados ao Conselho Tutelar

A determinação vale para todos os casos que derem entrada na rede pública ou privada de saúde de Santa Catarina

Foto: Francis Leny/DN
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Agora é lei: as redes pública e privada de saúde de Santa Catarina são obrigadas a comunicar o Conselho Tutelar sobre as ocorrências de consumo de álcool ou drogas por menores de idade. Além disso, as instituições também precisam acionar os pais ou responsáveis legais sempre que observarem o uso ou a ingestão dessas substâncias por crianças e adolescentes que derem entrada no local.

- PUBLICIDADE -

O registro de todos os casos auxilia no mapeamento e acompanhamento feitos pelos Conselhos Tutelares, que agora estarão cientes de todas as ocorrências. “Há 27 anos o Conselho já age nesta determinação. As crianças e adolescentes que ingeriam drogas ou bebidas com álcool que davam entrada, se não tinha o pai ou a mãe lá, o hospital nos chamava. Mas se os responsáveis estivessem, não éramos acionados. Então acabávamos não fazendo o registro”, explica uma das conselheiras de Criciúma Maria Rosimere Monteiro.

 

Confira a reportagem completa na edição desta quinta-feira, 26, do jornal Diário de Notícias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Suelen Bongiolo
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.