Condutores de ambulância terão profissão regulamentada

Projeto de lei de autoria do deputado Valdir Colatto é aprovado no Senado

- PUBLICIDADE -

Brasília

O Plenário do Senado aprovou a regulamentação da profissão de condutor de ambulância. O projeto de lei é de autoria do deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC) e tem como principal objetivo a valorização destes profissionais.

- PUBLICIDADE -

Pelo projeto que regulamenta o exercício da atividade de condutor de ambulância (PLC 82/2017), o profissional deverá ser maior de 21 anos, ter obtido ao menos o diploma de nível médio e ter a habilitação para condução de veículos nas categorias D ou E.

O condutor também deverá demonstrar haver recebido treinamento especializado e reciclagem em cursos específicos a cada cinco anos. “O condutor de ambulância faz parte de uma categoria diferenciada, não transporta objetos, mas sim pacientes debilitados. Necessita, portanto, de uma formação especializada para auxiliar a equipe de saúde. Temos que reconhecer e valorizar essa classe”, completa Colatto.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.