Amigo Bicho promove bingo beneficente neste domingo

Dinheiro arrecadado será usado para quitar parte das despesas da ONG com a clínica Vet, onde são tratados os animais de rua que são resgatados pela entidade

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Içara

A ONG Amigo Bicho, de Içara, promove neste domingo, 9, um bingo beneficente para arrecadar fundos para a entidade. O evento ocorre a partir das 13h30min, no Centro Comunitário do bairro Elisabete. O dinheiro arrecadado será revertido para quitar parte das despesas com a clínica Vet, onde são tratados os animais de rua vítimas de doenças ou atropelamentos, que são resgatados pela entidade. A dívida com a clínica já alcança R$ 30 mil.

- PUBLICIDADE -

As cartelas custam R$ 5 e podem ser adquiridas na feira de adoção que acontece neste sábado, 8, na Praça da Igreja São Donato e na Loja 4G, nos fundos da lotérica do Centro. Entre as premiações estão uma TV de LED 32 polegadas, um ventilador de teto, tatuagem e um mini-ensaio fotográfico feminino.

Voluntária da Amigo Bicho há aproximadamente cinco anos, Jizele Lenhart, diz não ter ideia de quantos animais já foram cuidados com a ajuda dos bingos. “Lutamos quase sozinhos para salvar cães e gato. Portanto, precisamos manter estes eventos e as doações”. Ela também pede o apoio daqueles que não possam ir ao evento, mas que podem comprar uma cartela para colaborar.

A entidade recebe uma ajuda mensal da Gol e da Lotérica de Içara, com o troco solidário arrecadado em caixas de doações no próprio estabelecimento, mas é pouco para cobrir as despesas. Atualmente, a entidade mantém em média 50 animais de rua em lares temporários, que estão à espera de uma família.  Ela lembra que as pessoas que desejarem doar brindes também são bem-vindas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Içara

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.