- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Com quatro vitórias e um empate, nos últimos cinco jogos, o Tigre enfrentará dois desafios fora de casa: contra o Vila Nova e o Internacional, ambos fora de casa. Os adversários estão entre os quatro melhores da competição, mas, mesmo assim, o zagueiro Raphael Silva acredita que o time pode manter a boa fase. “Na Série B, não tem jogo fácil. Nós estamos dificultando para os adversários e eles vão fazer a mesma coisa com a gente. Brigar com quem já está lá em cima pode ser um ponto positivo para que a gente fique mais atento no jogo. Temos dois jogos fora e temos que somar pontos”, explicou.

Raphael acredita que a equipe já teve uma evolução grande. “O professor Winck vem passando mais confiança ainda para a gente, apesar de que a gente já tinha, mas os resultados não vinham acontecendo. Então, é manter essa sequência, pensar jogo a jogo que a gente pode evoluir mais ainda no campeonato”, explicou.

A fase do Criciúma mudou tanto que, mesmo sem jogar, a equipe subiu na tabela, após a derrota do Goiás para o Juventude. “Agora tudo está favorecendo a nós: a tabela, os jogos… Então, é continuar nessa luta, nessa pegada e continuar jogo a jogo para que a gente possa subir cada vez mais na tabela”, disse Raphael.

Acostumado a jogar ao lado de Diego Giaretta, desde o ano passado, o zagueiro tem um novo parceiro de setor: Edson Borges. Raphael acredita que a experiência do novo companheiro é fundamental para a evolução da defesa. “Ele conhece bem a forma do Winck trabalhar. A gente conversa jogo a jogo para não ter desatenção. Ele passa muita experiência para mim e para o pessoal de defesa”, contou.

Após a mudança de treinador, a filosofia de jogo mudou também. Deivid não recomendava que os defensores dessem chutões, Winck é mais permissivo nessa questão. Porém, Raphael acredita que, muitas vezes, dar “balões” não é a solução.  “Quando tivermos espaço para jogar, temos que jogar, e não ficar se desfazendo da bola. É uma forma que o Winck gosta também: às vezes prioriza a bola mais longa, então, quando tiver espaço para jogar, vamos sair jogando e quando não der, vamos dar passe longo para desafogar”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.