- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Itajaí

- PUBLICIDADE -

O cenário não é dos mais comuns. Mas é no piso artificial do estádio Camilo Mussi, em Itajaí, que o Criciúma precisa conquistar os três pontos diante do Almirante Barroso, no domingo, às 10 horas, para seguir vivo na disputa pelo título do returno do Catarinense. Apenas o triunfo, somado a tropeços da Chapecoense, Joinville e Avaí, deixará o Tricolor Carvoeiro em uma situação menos difícil no Estadual.

Sem Alex Maranhão, com lesão no músculo adutor da coxa esquerda, o técnico Deivid não fez mistério e confirmou a equipe que começa a partida, ainda na sexta-feira. “Não tem mistério. O time é aquele que jogou, mas com a entrada do Caíque no lugar do Maranhão. Sabemos que o jogo é muito importante e temos que ganhar. Estamos há cinco pontos de diferença em relação à Chapecoense, que é o líder, e temos que ganhar para que nós possamos ainda sonhar com o título”, enfatizou o treinador.

O atacante Caio Rangel está recuperado de lesão e está entre os atletas relacionados. Ele fica no banco de reservas e deve ser opção para o segundo tempo.

Depender do resultado negativo dos adversários deixa a missão do Tigre mais difícil, porém, o técnico ressalta que o time não pode desanimar nas quatro partidas restantes desta fase. “Correr atrás é muito difícil. Não conseguimos liderar a competição, agora temos que correr atrás. Claro que fica muito mais difícil depender dos outros do que de você mesmo. Agora temos que jogar com intensidade, não desanimar, restam quatro jogos e nós temos que terminar a competição bem”, ressaltou.

Apesar das adversidades, Deivid reforça que o time só vai se entregar quando não tiver mais chances de conquista do returno. “Enquanto tiver esperança e condições de ganhar o turno, nós vamos brigar até o fim”, destacou.

Página virada e foco neste jogo

O assunto arbitragem, e o gol anulado diante do Figueirense, é considerado superado pelo treinador e pelos jogadores do Criciúma. “Conversei depois do jogo e antes do treino. É para esquecer, já passou, não vai voltar atrás e agora temos que trabalhar já pensando neste jogo para que a gente possa conseguir o resultado positivo”, explicou Deivid. Apesar de lamentar os erros, o volante Barreto endossa a posição do comandante. “O momento é esquecer a arbitragem. Claro que nos prejudicou bastante durante o campeonato, mas temos que esquecer isso e focar no próximo jogo, pois ainda temos chance de buscar o segundo turno”, completou.

 

Campeonato Catarinense – Returno – 6ª Rodada

02/04 (domingo), às 10h, estádio Camilo Mussi, em Itajaí

ALMIRANTE BARROSO

Rodolfo; Nei, Lucena, Robenval e Adriano Chuva; Fábio Buru, Rodrigo Couto, Van Basty, Diogo Dolem e Anderson Safira; Schwenck. Treinador: Renê Marques

CRICIÚMA

Luiz; Diogo Mateus, Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Barreto, Ricardinho, Douglas Dodi e Caíque Valdívia; Silvinho e Jheimy. Treinador: Deivid

Arbitragem: Cinésio Mendes Júnior. Auxiliares: Kleber Lúcio Gil e Neusa Inês Back

ATLETAS RELACIONADOS

Goleiros: Luiz e Edson

Laterais: Diogo Mateus e Marlon

Zagueiros: Diego Giaretta, Raphael Silva e Ianson

Volantes: Barreto, Douglas Dodi, Ricardinho e Carlos Eduardo

Meias: Caique Valdívia, João Henrique

Atacantes: Jheimy, Silvinho, Andrew, Adalgiso Pitbull, Caio Rangel e Kalil

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.