Felino estreia no Boxe neste sábado

A luta acontece no sábado, dia 21, no BBBowling, anexo ao Criciúma Shopping

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Experiente atleta de Artes Marciais Mistas (MMA – na sigla, em inglês), o criciumense Ronaldo Felino sobe ao ringue pela primeira vez para uma disputa de boxe. A luta acontece no sábado, dia 21, no BBBowling, anexo ao Criciúma Shopping. “Eu peso 69 quilos, mas vou lutar na categoria até 83 quilos. Foi uma luta casada e eu aceitei o desafio”, destaca Felino, que representa a equipe Felinos do Sul MMA, dimensionando a dificuldade do combate. O adversário será Cláudio Kado e a batalha está programada para as 21 horas. “Quero convidar todos os amantes de esporte a prestigiarem esse evento e fortalecerem as artes marciais na região”, disse o lutador. Outro atleta de Criciúma, Luiz Faísca, fará a primeira luta de Muay Thai Profissional na carreira.

Desafio fora do Estado

 Apesar de ser uma luta de boxe, o evento será como preparação para Felino disputar o Mega Fight, que reunirá disputas de MMA – onde cinco atletas do Sul do Estado representarão Santa Catarina contra os gaúchos. A disputa será profissional e servirá para o rankeamento dos atletas que possibilita outras lutas nacionais e até internacionais. Entre os criciumenses, além de Felino e Faísca – que faz parte do time de Felino – outros lutadores presentes serão: Israel Fernandes e Fernando Rex, na categoria até 84 quilos, Jeison Terrier e Jonathan Coragem na divisão até 77 quilos. A disputa é possibilitada por uma união entre as academias Felinos do Sul MMA, T-Rex, Jeison Terrier e Black Team. “A gente procura se ajudar e essa união de academias só fortalece o esporte”, finalizou Felino.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.