- PUBLICIDADE -

Curitiba/PR

Mais de 160 atletas defendem as cores de Santa Catarina nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) para estudantes com idade entre 12 a 14 anos. Representada por 25 alunos, Criciúma é a cidade com mais competidores no grupo catarinense. O torneio nacional segue até o dia 21 de setembro, em Curitiba (PR).

- PUBLICIDADE -

Criciúma contará com atletas em quatro modalidades: natação, atletismo, handebol e futsal. Competindo pelo Colégio Marista, o nadador Lucas Farias estreou nas provas de 50 metros livre, 50 metros peito, 100 metros peito, revezamento 4×50 metros livre e 4×50 metros medley.

Em 2016, em João Pessoa (PB), Farias subiu ao pódio nos JEJ. “Ele garantiu a medalha de bronze no revezamento 4×100 metros livre. Estamos confiantes e esperamos que ele conquiste mais medalhas em Curitiba”, comenta o treinador do Colégio Marista e da equipe de natação da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma, Carlos Henrique da Cruz Fernandes.

Estudante do Colégio da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), Izabely Casagrande também inicia a disputa dos JEJ nesta quarta-feira. “Ela vai brigar por medalhas no pentatlo. É a primeira vez que a Izabely participa de um torneio nacional. Isso já é gratificante para nós”, conta o técnico da Unesc e da equipe de atletismo da FME de Criciúma, Roberto Bortolotto.

Modalidades coletivas 

Nas modalidades coletivas, Criciúma representará Santa Catarina no handebol e futsal feminino. Treinadas pelo técnico Luiz Carlos Vieira, as garotas do handebol, alunas do Colégio São Bento, duelam contra Minas Gerais (MG), Espírito Santo (ES) e Mato Grosso (MT) na fase classificatória. A equipe estreia no domingo (17). “Espero que as meninas coloquem em quadra aquilo que treinamos”, afirma o treinador.

Em busca do tricampeonato dos JEJ, a equipe de futsal feminino do Colégio Rogacionista também entra em quadra no domingo. “Conquistamos o título em 2013 e 2016. O grupo possui novas atletas, mas vamos para cima de todas as adversárias”, explica o treinador do Colégio Rogacionista e da equipe de futsal feminino de Criciúma, Marcelo Just.

Em 2016, Santa Catarina conquistou 35 medalhas nos JEJ, sendo dez de ouro, 16 de prata e nove de bronze. Os JEJ, organizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), reúnem mais de quatro mil atletas brasileiros de 1,3 mil escolas públicas e privadas.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.