Prefeitura de Criciúma faz corte de pessoal


- PUBLICIDADE -

 

Bruna Borges

- PUBLICIDADE -

A ordem prioritária do prefeito Márcio Búrigo (PP) agora é corte de custos. Conforme o chefe do Executivo criciumense, ajustes são necessários para o fechamento das contas do mandato e isto inclui exonerações. “O momento da Economia é complicado. Fala-se que 85% dos municípios não conseguirão fechar as contas em 2016. Estamos focados em economizar em todas as áreas e exonerando cargos de confiança, porque é o que a lei permite. Não tem nada relacionado à política. As exonerações estão sendo feitas em cargos onde os salários são maiores. Temos necessidade em diminuir o número de funcionários”, destaca o prefeito.

Economia

As demissões já aconteceram nas secretarias de Obras e de Saúde, além da Fundação Municipal de Esportes (FME), Fundação de Meio Ambiente (Famcri), Fundação Cultural (FCC) e Procon. “Tudo está sendo feito com muita responsabilidade, para diminuir o desequilíbrio das contas. A missão é economizar em tudo”, conclui Márcio.

 

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.