Sindicato entrega cestas básicas a trabalhadores da Casa de Saúde do Rio Maina

Com narizes de palhaço, integrantes do sindicato entregam as cestas básicas e protestam. (Foto: Mauricio Vieira/Especial/DN)

- PUBLICIDADE -

Bruna Borges

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Há seis dias em greve pelo não recebimento dos salários do mês, alguns trabalhadores da Casa de Saúde do Rio Maina chegaram ao ponto de não ter o que comer em casa. Por isso, na manhã desta quinta-feira, dia 13, o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde) começou a distribuir cestas básicas aos mais necessitados.

São dez cestas, que estão sendo deixadas com uma assistente social que faz a triagem das famílias com mais urgência. Se necessário, o sindicato doará mais alimentos posteriormente.

A expectativa de que o pagamento saísse dia 11 não se concretizou.

Panelaço é realizado em frente à instituição pelo sindicato. (Foto: Mauricio Vieira/Especial/DN)
Panelaço é realizado em frente à instituição pelo sindicato. (Foto: Mauricio Vieira/Especial/DN)
Alimentos foram levados para a instituição na manhã desta quinta-feira. (Foto: Mauricio Vieira/Especial/DN)
Alimentos foram levados para a instituição na manhã desta quinta-feira. (Foto: Mauricio Vieira/Especial/DN)
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.