- PUBLICIDADE -

Criciúma

Os termômetros marcaram 30 graus de temperatura máxima, nesta quarta-feira, em Criciúma, mas nem o forte calor desanimou os atletas e alunos competidores da Batalha Fitness. O evento de treinamento funcional e crossfitness aconteceu no Parque das Nações, na Próspera, e reuniu 16 academias de Criciúma e região, entre elas, as responsáveis pela organização da Batalha: Sparta 55, Top Studio e On Life, ambas de Criciúma.

- PUBLICIDADE -

Batalha Fitness - Tiago Monte DN (39) - pag 18O proprietário da Sparta 55, Gabriel Lima, explica que o principal objetivo é promover a saúde, um estilo de vida saudável, chamando a atenção de quem ainda não faz nenhum exercício físico, além de incentivar a interação entre as academias e seus alunos. “Hoje, somente de 3% a 4% da população brasileira faz alguma atividade física, isso é muito pouco. Nossa intenção é aumentar essa porcentagem. Sem contar a interação do pessoal, os alunos estão competindo, mas de forma saudável e divertida”, destaca Lima.

Foram inscritas 48 equipes com seis integrantes cada, divididas nas categorias de iniciantes e intermediários, dentro das modalidades de treinamento funcional e treinamento crossfitness. Uma das exigências foi de que cada equipe tivesse, pelo menos, duas mulheres inscritas. A auxiliar administrativa Roseane dos Santos participou com a academia Feat Up, de Sombrio, e conta que entrou para o “mundo fitness” há dois anos e meio.

“Comecei pensando na estética mesmo, mas depois vi que era mais do que isso. Além de melhorar a nossa força, resistência, agilidade, também tive melhoras na saúde, já que foi uma recomendação médica que começasse a me exercitar. E hoje mudou, é muito mais pela saúde do que pela estética”, avalia Roseane.

Batalha Fitness - Tiago Monte DN (16)-minUm dos diferenciais da Batalha Fitness é a união das academias, as quais são concorrentes, mas, segundo a proprietária da On Life, “tem mercado para todo mundo e é importante esse contato entre os proprietários, trocamos informações, dicas, assim como sabemos e incentivamos que os alunos façam o mesmo”.

A iniciativa foi bem aceita no Valla Fitness, estúdio de treinamento funcional e crossfit de intensidade alta, de Criciúma. “É a primeira vez que acontece esse tipo de evento em Criciúma e fizemos questão de participar. Trouxemos alunos que treinam há mais tempo, dois ou três anos, porque esse tipo de competição exige bastante do praticante, mas está tudo dentro do que eles aprendem no estúdio”, explica o proprietário, Régis Antonio Luciano.

Aplicativos de celular

Com os celulares e smartphones cada vez mais modernos, a praticidade está, literalmente, na palma da mão, como os aplicativos para fazer exercícios físicos em casa, ou seja, sem orientação profissional por perto, o que não é recomendado por quem entende do assunto. “Principalmente nos exercícios funcionais, dependendo da carga e intensidade, a pessoa pode se lesionar. Orientamos aos interessados que procurem uma academia qualificada e tenham sempre um profissional ao lado”, alerta o proprietário da academia Top Studio, André Silvestre.

Resultados

Os alunos iniciantes e intermediários completaram circuitos de provas baseados pelo tempo: nas provas de treinamento funcional, venceu quem realizou o maior número de exercícios dentro de um tempo estipulado; nas provas de crossfitness, ganhou quem fez todos os exercícios estipulados dentro do menor tempo. Muitas pessoas prestigiaram o evento e incentivaram os competidores ao longo do dia.

Confira os vencedores em cada prova:

Funcional iniciante:

1) Bruna Souza Personal

2) Marcelo Freitas

3) Top Studio

Crossfitness iniciante:

1) Cia. Do Exercício

2) Cia. do Exercício

3) Performance/Estúdio DG

Funcional intermediário:

1) Performance / Estúdio DG

2) Keep Fit

3) Marcelo Freitas

Crossfitness intermediário:

1) CrossFit Criciúma

2) Sparta 55 Brasil

3) Sparta 55 Brasil

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.